Ads Top

Como WandaVision revolucionou o universo do streaming


Desde de GOT não se vê tantas pessoas parando um único dia da semana para assistir e acompanhar uma série: e esse é o caso de WandaVision. A Disney, trazendo seu novíssimo produto o Disney+, lançado em 17 de novembro, veio para provar que o universo dos streamings ainda tem muito para apresentar aos espectadores.

Com a proposta de trazer todo o seu catálogo na nossa plataforma - o que fez com que títulos famosos como Vingadores, Monstros SA e Star Wars fossem tirados dos catálogos concorrentes - a primeira série original do selo Marvel (uma das marcas administradas pelo grupo) fez com que os milhares de fãs que assistiram Ultimato parassem para ver Wanda em seu mundo perfeito, enquanto pesquisadores tentam entender como ela trouxe o Visão do mundo dos mortos e criou uma vida de programa de televisão através de décadas.

A história aparentemente se passa semanas depois dos acontecimentos de Ultimato mas para nós, os fãs, fazem 2 anos que não vemos nossos queridos personagens - e pior, devido a pandemia, ficamos 1 ano sem nenhum lançamento Marvel.

A 'abstinência' de produções mágica e poderosas e a criação de uma série inteligente e cativante fizeram com que Wandavision já nascesse como um sucesso de audiência.

E para dar um toque ainda mais original, a Disney optou por realizar lançamentos semanais, o que estimula a aquisição de planos por espectadores que desejam acompanhar a produção e fidelizar o 'cliente' para que ele retorne em busca de respostas.

Essa é uma sacada inovadora do serviço de streaming, que vai na contramão da Netflix e Amazon que lançam um bloco de episódios de suas séries originais. E nesse aspecto fica a pergunta, quem está conseguindo os maiores resultados?

E se você acha que somente a existência de Wandavision ė o motivo para que ela seja um 'case' a ser estudado? Não, a produção não para de ser referência com milhares de memes, união de universos (oi Fox) e plot twist que prendem o espectadores e que 'paralisam' no momento mais crítico da trama.

E todo esse reconhecimento e destaque são compactados em apenas 30 minutos que são retratados em cada episódio - o que com certeza é o principal motivo de raiva e tristeza dos fãs.

Independente de quem seja Mephisto ou não, a experiência de assistir uma série nunca será a mesma.

Agora, aguardamos Falcão e Soldado Invernal e Loki para privilegiarmos mais dois títulos que prometem fazer a alegria do 'Marvetes'.

Tecnologia do Blogger.