Header Ads

[RESENHA] O Sol Também É Uma Estrela - Nicola Yoon (Editora Arqueiro)


Olá pessoal,

Hoje vamos conversar sobre o O SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA*, da autora Nicola Yoon.

Nessa encantadora história, a autora apresenta uma narrativa cheia de vida, reflexões pessoais e busca por se encaixar no universo. Será que um sonhador e uma racionalista estão destinados a se apaixonar em apenas um dia?

Confiram:


Sobre a autora

Nicola Yoon é autora do best-seller Tudo e Todas as Coisas, cuja adaptação para o cinema estreia em 2017. Ela nasceu na Jamaica, cresceu no Brooklyn e mora em Los Angeles com a família. É uma romântica incurável que acredita ser possível se apaixonar num instante e que isso pode durar para sempre. O Sol Também é Uma Estrela é seu segundo livro. Ele foi considerado Melhor Livro do Ano por Publisher’s Weekly e Amazon e foi finalista do National Book Awards 2016.

Sobre o Livro

Este é o último dia de Natasha nos Estados Unidos.

Ela veio da Jamaica ainda pequena para acompanhar o sonho do pai de ser um ator da Broadway, mas depois de anos - e alguns acidentes - ela e a família estão sendo deportados para o país Natal. Não restam esperanças para fazer com que ela continue no país que ama.

Já Daniel está vivendo seu último dia como adolescente. Ele está a caminho da entrevista que o levará para Yale cursar Medicina, uma profissão que ele nunca gostou e que está aceitando para agradar seus pais. Daniel é um sonhador e seu verdadeiro desejo é ser poeta e se sentir arrebatado por uma grande paixão.

É nesse dia tão importante que Natasha e Daniel se conhecem e descobrem que existe uma atração espontânea entre os dois. Mas será que esta é apenas uma infeliz coincidência ou influência do destino?

Opinião Pessoal 

Qual o poder do destino sobre nossas vidas?

Natasha e Daniel, personagens de O SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA, representam muito bem os opostos desse questionamento. Ambos são cativantes e cheios de personalidade, mas divergem em relação à vida, ao futuro e ao que está “reservado” para cada um.

Nicola Yoon pegou algumas das grandes questões humanas (mais conflitantes) e colocou jovens adolescentes para retratar as soluções e problemáticas que os envolvem. É impossível não ler a obra e imaginar que existe um lugar melhor para cada pessoa.

São 288 páginas de passam de forma rápida e contínua – uma linha de pensamento que dura menos de 24 horas – que fazem o leitor querer ler sem parar e saber o “final” o mais rápido possível (ao mesmo tempo que desejamos que ela não acabe). Passamos a aceitar Natasha e Daniel como se os conhecêssemos a muito tempo.

A autora utiliza um recurso muito legal para dar tom de dinamicidade – e humor – a narrativa, dando voz aos pensamentos de personagens secundários, a elementos da natureza ou apresentando justificativas científicas para determinados acontecimentos - ou citações dos protagonistas -, por meio de capítulos inseridos entre os diálogos centrais.

É assim que conseguimos entender o complexo de artista do pai de Natasha; as atitudes da segurança que a barram no atendimento ao imigrante; o insistência do pai de Daniel para que ele faça medicina; e até mesmo o que faz o advogado perder a audiência com o juiz.

A história é finalizada de forma surpreendente para o leitor – mas que não deixa de ser um “alento” para a alma -, fazendo com que a narrativa se perpetue na memória com certo tom de carinho e racionalismo.

Título Nacional: O Sol Também É Uma Estrela
Título Original: The Sun Is Also a Star
Autora: Nicola Yoon
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Especificações: 288 páginas
ISBN: 9788580416596
Avaliação: ★★★★★

* Livro cortesia da Editora Arqueiro

2 comentários:

  1. Oiii Jéssica,
    Adorei a resenha, fiquei com vontade de ler o livro, parecer ser bem interessante.

    Bjinhooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Chris,

      Que bom que gostou!!
      Lê sim, a Nicola arrasa ;*

      Excluir

Tecnologia do Blogger.