Nova edição de Crepúsculo + Vida e Morte (Stephenie Meyer)


Olá pessoal,

Hoje vim conversar com vocês sobre uma novidade para os fãs do casal Edward e Bella, de Crepúsculo: a Editora Intrínseca lançará no próximo dia 1º de novembro uma edição icônica do primeiro livro da Saga, em comemoração aos 10 anos de publicação. A nova edição será uma espécie de “vira-vira”, acompanhada da versão inédita de Vida e Morte – uma versão da história com gêneros trocados.

Confira um pouco sobre o enredo da história e nossa opinião sobre a obra:


Sobre Vida e Morte

Resumindo em poucas linhas, Vida e Morte tratará do romance entre Beau Swan (Bella no gênero masculino) e Edythe Cullen (Edward no gênero feminino). Edythe é uma vampira sedutora que vai conquistar o coração de Beau, colocando a vida dos dois e de suas famílias em risco.

A ideia da Autora Stephenie Meyer foi reconstruir o romance mostrando que a Bella não é somente uma humana apaixonada, frágil, submissa e até “descontrolada” quando o assunto é o Edward e demonstrar que os homens também podem agir como a personagem.

Para amarrar a história, outros personagens também mudarão de gênero, ainda não sabemos quais, mas a maior dúvida gira em torno do que farão com Jacob.


Opinião pessoal

Eu sei que irão jogar vinte pedras em mim, mas tenho que dar minha opinião sobre essa nova versão.

Primeiramente deixe-me explicar a relação que tenho com Crepúsculo: Já fui uma grande fã da história, comprei e li todos os livros, assisti os filmes (não gosto de nenhum, mas tudo bem), comprava revistas, pôsteres, fui em estreias, etc. Mas em um belo dia percebi algumas falhas no romance e deixei de ser cativada – não só pela falha em relação aos vampiros, mas do relacionamento amoroso em si.

Como sempre fui time Jacob, principalmente a partir de Lua Nova (nunca correria atrás de um cara que me deixou sofrendo no meio da floresta, sozinha e com risco de ser morta por vampiros do mal), não aceitei bem o fim da história. Mas até tudo bem, pois a liberdade de criação é da Stephenie.

Só que eu acho uma grande perda de tempo (não de dinheiro, pois sei que o livro vai vender e muito) reescrever a história pelo olhar abordado. No momento em que você aceita fazer “adaptações”, você muda as intenções dos personagens e o que eles representam. Acho muito difícil o Beau agir com a submissão que Bella tem pelo Edward, pelo pai e pelo próprio Jacob. Então não me convence.

Eu acharia muito mais interessante – e até compraria com muito prazer – uma versão que agradasse aos fãs do Jacob. Por que ele não pode ficar com a moça?

2 comentários:

  1. Deste de o primeiro filme eu sou apaixonada pelo o filme , essa edicao estar mara <3 beijos
    http://brunabuchelli.blogspot.nl/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna,

      A história original realmente é muito boa (mesmo com algumas falhinhas). A Sthephenie escreve muitoooo bem!

      Torço para que você goste da próxima versão.

      Beijinhos ;*

      Excluir

Tecnologia do Blogger.