Esquenta Aquaman: 5 filmes com Jason Momoa

Depois de termos um gostinho de Jason Momoa como Arthur Curry ou Aquaman em Liga da Justiça, nos encontramos ansiosos para o tão esperado filme solo do herói. Mas como a DC gosta de nos fazer sofrer, eles liberaram o trailer do filme neste sábado (21), na Comic-Con em San Diego.

O filme solo do herói contará bastante detalhes da origem de Arthur, desde o relacionamento dos seus pais, sua infância e até o futuro com o seu meio irmão. O personagem do Momoa deixará a sua personalidade rebelde e sátira ainda mais evidente. Repleto de ação e efeitos especiais incríveis nós ficamos aqui desejando que dezembro chegue logo.

Trailer:

O ator nascido no Havaí chama atenção pelas suas características únicas, rústica e o bom humor. Ele despontou quando interpretou Khal Drogo na aclamada série Game Of Thrones, mas sua carreira nas telas começou em 1999 quando se juntou ao elenco da antiga série Baywatch.

No entanto, Momoa é muito mais do que apenas um rosto bruto e belo. O ator já trabalhou de salva-vidas, vendedor, modelo, se graduou em biologia, pratica diversos esportes radicais, teve aulas de pintura na França e inclusive viajou o mundo tentando se especializar, também é diretor e produtor e ainda possui sua própria empresa de produção. Isso sem contar que ele é um ótimo marido e um pai super fofo.

Jason contou em algumas entrevistas que por muito tempo ele apenas recebeu convites para interpretar vilões. No mundo da DC, ele fez audição para o papel de Batman, pois na época estavam recrutando apenas para os papéis dos três heróis principais em Batman vs Superman. No fim o diretor Zack Snyder teve a brilhante ideia de colocá-lo como Aquaman, assim dando uma nova cara para o herói dos quadrinhos.

Como a ansiedade é grande e o filme parece demorar quinhentos anos para chegar, separamos uma top 5 de filmes do Momoa.

BRAVEN

O filme estreou em fevereiro deste ano e é o trabalho mais recente dele. Momoa ainda produz o filme com o seu parceiro Brian Mendoza, através da sua própria produtora, Pride of Gypsies.

Uma característica clara de alguns dos personagens do Momoa é que eles sabem usar um machado em luta. Obviamente Joe Braven - protagonista do filme -, traz essa habilidade.

Entre a fronteira dos EUA e Canadá mora Joe Braven, um lenhador que aprecia a caça. Ele pretende passar um tempo com o pai em uma cabana distante, mas seus planos são interrompidos quando ele descobre que traficantes esconderam drogas em sua cabana, que aparentava estar abandonada.

Os traficantes vão atrás das drogas e se deparam com pai e filho prontos para se defender. No entanto, Joe não percebeu que sua filha havia se escondido no carro e agora estava no meio do fogo cruzado. Ele usará toda a sua técnica em caça, com armas, arco e flecha e machados para defender a sua família.

Trailer:

ROAD TO PALOMA

Foi o primeiro longa produzido pela Pride of Gypsies. Momoa dirigiu, produziu, co-roteirizou e estrelou. Sua esposa, Lisa Bonet também é uma das atrizes que componhe o elenco.

Dois homens incomuns viajam juntos pelas estradas dos Estados Unidos com suas motocicletas e acabam acumulando problemas e histórias enquanto procuram um lugar adequado para Wolf despejar as cinzas de sua mãe.

Wolf (Jason Momoa) é um índio foragido por ter se vingado do assassino de sua mãe, enquanto seu parceiro de viagem, Cash, é um músico que cai em uma crise enquanto lida com um divórcio.

Trailer:

AMORES CANIBAIS

O filme foi lançado no Brasil pela Netflix, mas não foi muito apreciado pelos críticos. Alguns julgam o enredo um pouco “vazio” e outros alegam que os personagens não são bem desenvolvidos.

A diretora Ana Lily, conhecida pelo filme de terror “Garota Sombria Caminha Pela Noite (A Girl Walks Home Alone at Night, 2014)”, produziu um filme com uma qualidade técnica e consequentemente uma estética visual muito boa. Ela conseguiu trazer uma beleza para a fotografia do filme, mesmo tendo uma predominância dos cenário árido do Texa. Ela realmente pecou na produção do roteiro, deixando a história muito vaga e não construindo uma linha de desenvolvimento dos personagens. Alguns personagens interpretados por grandes nomes como, Jim Carrey e Keanu Reeves, quase não foram explorados e apareceram de forma muito sucinta.

Não é nem de perto um dos melhores filmes que Jason Momoa estrelou, mas ele tem uma forma única de interpretar seus personagens, o que faz valer a pena assistir qualquer filme que ele faça. Não existe outra pessoa para interpretar um homem gigante, maluco, bruto, com uma machadinha e que no final ainda te conquista. Dessa forma, cada personagem dele se torna único.

É um filme com um conceito diferente sobre um futuro apocalíptico em que uma garota se apaixona por um canibal. Pessoas fora da lei, imigrantes, dependentes químicos ou que o governo americano julga como “não funcionais”, são enviados para colônias distantes onde não existe lei e é preciso lutar para sobreviver.

Arlen é enviada para uma dessas colônias e em seus primeiros minutos explorando a sua nova condição de vida, ela acaba cruzando com um grupo canibal e tem a perna e o braço direito arrancados. A garota é salva por Hermit (Jim Carrey) e se refugia com outros sobreviventes que fogem dos canibais. Durante esse período ela planeja a sua vingança contra a tribo que a mutilou. No entanto ela não esperava se apaixonar por Miami Man (Jason Momoa), um dos membros da tribo canibal. 
           
Trailer:

Conan, o Bárbaro

Inspirado nos quadrinhos de Robert E. Howard, Conan teve sua história contada em live action pela primeira vez em 1982 e foi estrelado por Arnold Schwarzenegger. Em 2011 ele foi regravado e trouxe Jason Momoa no papel principal.
Alguns atores como Jared Padalecki e Kellan Lutz também fizeram testes para o papel de Conan. Mas vamos combinar, Momoa é a pessoa perfeita para papéis de bárbaros que andam sem camisa e vivem em lutas.

Conan foi treinado desde cedo pelo pai para liderar o povo Cimério, mas todo o povo foi dizimado em um ataque realizado por Khalar Zym, antes de Conan chegar a idade adolescente. O rapaz cresceu sem os pais, mas aprimorou suas habilidades na luta, enquanto Zym usava poderes sobrenaturais para instaurar uma era de terror em seu reinado. Conan é o único que pode salvar as nações de Hibória e ele ainda quer a sua vingar contra Khalar por ele ter devastado o seu povo e sua família.

Trailer:

Liga da Justiça

E obviamente não podíamos deixar de citar o filme que foi a porta de entrada para o Aquaman de Momoa.

A humanidade ainda sofre pela morte do Superman e agora uma nova força inimiga que foi despertada ameaça a vida na terra. Batman e Mulher-Maravilha precisam recrutando novos heróis para lutarem e salvarem a humanidade.

Conseguimos ter uma amostra de como Arthur foi construído, no entanto, devido ao trailer o Aquaman revela algumas facetas diferentes do filme da Liga da Justiça e Jason Momoa afirmou em entrevista que o herói será bem diferente em seu filme solo.

Mas enquanto Aquaman e a sua rainha Mera não chegam, nós assistimos a Liga da Justiça e nos deleitamos nas cenas do Momoa no mar e sonhamos com o filme que estreia no dia 14 de dezembro de 2018.

Trailer:
* Texto por Ana Caroline Moraes

2 comentários:

  1. Olá
    O Mamoa é um senhor homão. Eu já assisti o Amores Canibais. Estou bem ansiosa pro filme solo do Aquaman.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Acho que Jason é o máximo! Adorei o trabalho de Jason Momoa no filme, é de admirar o profissionalismo deste ator, trabalha muito para se entregar em cada atuação o melhor, sempre supera seus papeis anteriores, o demonstrou no filme Liga da Justiça um filme que se converteu em um dos meus preferidos. O ritmo é bom e consegue nos prender desde o princípio, eu recomendo muito!

    ResponderExcluir