[RESENHA] O Medo Mais Profundo - Harlan Coben (Editora Arqueiro)

"- Quem é você para me julgar?
- Para falar a verdade, acho que sou a pessoa certa"

Olá pessoal,

Nossa lista de leituras de outubro foi bem intensa, com a oportunidade de ler O MEDO MAIS PROFUNDO*, obra de Harlan Coben, um sucesso em romances policiais contemporâneos, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Intenso e cheio de surpresas, a história de Coben mexe com o imaginário do leitor, fazendo com que ele se coloque na pele do ex-detetive Myron Bolivar e se envolva em um caso de tal forma, que vire pessoal.

Conheçam essa magnífica história:

Sobre o autor

Harlan Coben é um autor americano especializado em Mistério, nascido Newark, Nova Jersey, em 4 de janeiro de 1962. A família de Coben passou garnde parte de sua infância na cidade de Livingston, onde estudou e fez amizade com Chis Christie, que no futuro se tornaria um grande político norte-americano.

Cursou a faculdade de Ciências Políticas na Amherst College, onde conheceu o autor Dan Brown ao partilharem a Psi Upsilon Fraternidade. Coben começou a escrever no último ano da faculdade, tendo seu primeiro livro publicado aos 26 anos. Após publicar dois livros de forma independente na década de 90 (Play Dead em 1990 e Cure Miracle em 1991), deu início à série Myron Bolitar, seu grande sucesso.

Conquistou importantes reconhecimentos como Prêmio Edgar, Prêmio Shamus e o Prêmio Anthony, se tornando o primeiro escritor a conquistar as três premiações. Seu sucesso abriu caminhos para a publicação de contos no The New York Times, Parade magazine e Bloomberg News.

Em 2001 lançou seu primeiro suspense independente depois da série de Bolitar, Não Conte a Ninguém, que também virou Best-seller mundial, dando início a um conjunto de mais de 10 obras já publicadas.

Atualmente Coben mora em Ridgewood, Nova Jersey, com sua esposa e quatro filhos.
"A maioria não muda, mesmo podendo. Continuar em frente é mais fácil"

Sobre a obra

Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing.

Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto.

Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.

Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.
"O mundo ia pouco a pouco ganhando sua forma anterior, mas ele sabia que jamais retornaria à posição original"

Opinião pessoal

Imagine um encontro de Sherlock Holmes e Hercule Poirot, durante o chá da tarde, para discutir o último caso. É a fusão dessa imagem que encontramos na personalidade e inteligência de Myron Bolitar – um ex-agente do FBI que trabalha em pequenos casos, enquanto toca sua empresa de agenciamento de atletas.

O MEDO MAIS PROFUNDO definitivamente foi o melhor livro de romance policial que li nos últimos tempos. Além de retomar as principais características de um bom detetive – frieza, distanciamento, facilidade para interrogatórios, raciocínio rápido, boa articulação de palavras, o dom de deixar o suspeito “a vontade”, encontrar os fios soltos, etc. –, Myron traz atitudes e uma bagagem pessoal que dá vida e personalidade à obra, fazendo dela única e envolvente.

Neste livro, somos apresentando a um personagem com diversos problemas. Além da questão familiar – seus pais decidem deixar a costumeira vida para trás em busca de qualidade de vida -, Myron está sofrendo as consequências de ter abandonado seu trabalho inusitadamente e ter viajado com Teresa para o Caribe. Agora, ele deve colocar a cabeça no lugar e trabalhar para conquistar novos clientes, pois somente isso garantirá o pagamento das contas.

Mas os problemas de Myron não param por aí. Sua namorada da época de faculdade, Emily, retorna a sua vida com uma grande revelação: ela estava grávida quando casou com o arqui-inimigo do ex-jogador e, hoje, o garoto tem 11 anos e sofre de uma doença rara que pode matá-lo. A essa informação foi um baque para o personagem, fazendo repensar todas as suas formas de relacionamento.

Para salvar a criança – agora seu filho – Myron precisa encontrar o doador de medula, que aparentemente desapareceu dos registros. Aparentemente ele tem uma habilidade única para resolver casos suspeitos e rastrear pessoas (e parece que seu passado está repleto desses momentos).

Com time excepcional, repleto de recursos, artifícios e muita audácia, Myron se envolve em estratégias, um tanto tenebrosas, para descobrir o paradeiro do tal doador. O engraçado é que nenhum de seus “ajudantes” se assimila ao tradicional Watson ou a Scotland Yard, parecendo mais renegados que fogem de seus passados fazendo algo que seria considerado “bom”.

O que parecia simples e fácil, se torna muito mais complexo, quando o ex-detetive entra no caminho do FBI e se envolve no caso de um assassino em série que estaria sendo acobertado por um grande jornalista famoso.

Para descobrir se os casos estão ligados – e como ele pode resolvê-los – ele terá que desenterrar segredos e mexer com famílias muito poderosas. Se tornar o homem mais odiado pelos ricos e pela polícia talvez não seja o sonho de Myron, mas pode ser a solução para seu problemas.


Intenso e genial, O MEDO MAIS PROFUNDO merece ser lido e relido pelos fãs de mistério, recapitulando cada fato memorável da obra.

* Livro cortesia da Editora Arqueiro.

4 comentários:

  1. Myron me pareceu um personagem muito interessante e bem construído, acho essa característica essencial para produzir um bom romance policial para que a gente possa torcer para a conclusão dos fatos e o desvendar dos mistérios. A história deve dar aquele gostinho angustiante de luta contra o tempo, né? Adorei a indicação Jéssica! Beijos :)
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dai,
      Você está super certa menina!

      O Medo Mais Profundo é uma história cativante, que prende o leitor, e os personagens são muito bem construídos.. não deixando nada a
      desejar!

      Excluir
  2. eu li esse livro recentemente e amei! amo a maneira que o Coben cria personagens e dá uma história pra eles. o fato d'os personagens coadjuvantes serem tão bem explorados tbm me faz acrescentar algumas estrelinhas. o meu personagem favorito foi, sem sombra de dúvidas, o filho da Emily (achei incrível como o Coben o construiu e a forma que ele tem participação na história, mesmo que não esteja presente em todo o livro). e, ah, amei o desfecho da história como um todo. :)

    também resenhei esse livro, pode dar uma olhada? clique aqui pra assistir! <3

    abraços! <3
    Alex, do blog Um Bookaholic.
    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: instagram/twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alex,
      Tudo bem?

      Muito obrigada pela visita! *-*
      Concordo plenamente com vocês, a criatividade e inspiração de Coben permeita todos os personagens, dando uma ar de mistério a toda a história.

      Estou ansiosa pela continuação!!

      Beijinhos ;*

      Excluir

Tecnologia do Blogger.