[RESENHA] Perdida - Carina Rissi

 
Olá pessoal,

Vocês já assistiram o filme Click, com Adam Sandler? Então vão se encantar com Perdida, o romance de Carina Rissi.

Sobre a autora

Brasileira, nascida em Ariranha, interior de São Paulo, Carina Rissi faz parte da nova geração de escritores brasileiros. Seu primeiro romance foi Perdida, inicialmente lançado na Alemanha o que garantiu repercussão nacional e internacional para a obra, e abertura para a sequência (Encontrada) e outros romances como Procura-se um Marido e No Mundo da Luna.

Sobre o Livro

Sofia é uma típica brasileira do século XXI, aquela pessoa como você e eu, que não abre mão do celular, tablet, notebook, computador, e-reader, Ipod, Iphone, Home Theater, High Definition e por aí vai.

A dependência desses equipamentos tecnológicos, unida com problemas para lidar com a vida normal, gostar do trabalho e ter relacionamentos de sucesso, fazem com que ela seja um pessoa infeliz.

Depois de uma festa para comemorar a oficialização do relacionamento de sua melhor amiga, Sofia perde o celular, o objeto que coordena sua vida. Na manhã seguinte ela vai comprar um novo aparelho, e a vendedora, uma mulher extremamente estranha, oferece mais do que um novo celular e sim uma "mudança de vida" para a cliente.

O que Sofia não podia imaginar era que esse novo equipamento a levaria para o século XIX, o ano de 1830 para ser mais precisa.

Nesse universo, a lá Jane Austen, ela conhece Ian Clarke, um distinto cavalheiro da nobreza brasileira que vai ajudá-la a retornar para casa.

Entre se adaptar aos usos e costumes do novo século, se aproximar da família Clarke e encontrar a porta para retornar ao século XXI, Sofia se envolve em diversas encrencas e aventuras românticas.

Opinião pessoal

Para os românticos incorrigíveis como eu, a história é o mesmo que comer sorvete com pedações de chocolate: uma experiência inesquecível. Os modos dos personagens remetem a uma era que estamos desacostumados e toda a classe e cavalheirismo que encantam e envolvem os leitores.

A obra faz várias menções a Jane Austen e o livro Orgulho e Preconceito, obra mundialmente conhecida e que está na lista de livros imperdíveis (Não tem como não se apaixonar por Elizabeth e Darcy).

A aventura segue em encontrada, mas acho que o enredo de Perdida é mais envolvente e inesperado do que a sequência. Mas esse é uma conversa para outro post!

4 comentários:

  1. Olá!! adoro esse livro! E concordo com você sobre ser inesquecível. Achei uma história bem diferente das que vimos por ai.

    Vi teu blog no foum CBBlogers :) Já marquei nos meus favoritos. bjss

    ResponderExcluir
  2. Olá Lah!
    Que bom que gostou, o livro é encantador e é impossível não se apaixonar pelo Ian *-*

    Que bacana já estou te seguindo de volta! Beijinhos ;D

    ResponderExcluir
  3. Tenho receio com o livro porque não sou daquelas muito românticas, será que eu iria gostar? Minha amiga tem esse livro e amou, mas ela é beeem romântica.

    luznegraoficial.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Saskia!

      Por não ser "tão romântica" talvez você goste da personagem principal, a Sofia. Inicialmente ela não acredita em amor e é muitoooooo racional em suas atitudes. Sua independência e feminismo dão graça a história e contracenam o romantismo de Ian.

      Recomendo que leia, nem que seja para ter uma opinião sobre a história. Depois nos conte o que achou! ;D

      Beijinhos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.