5 motivos para assistir a série Safe, da Netflix

A nova produção de suspense da Netflix, SAFE, entrou em catálogo no mês de maio e já garantia de audiência, diversão e envolvimento para fãs do gênero. Por esse motivo, e também estimular novos espectadores, preparamos 5 motivos para conferir a série:

Autor

A série é escrita por Harlan Coben, um autor americano referência em livros de Mistério e Suspense. Aclamado pela crítica internacional, Harlan tem vários livros publicados, mas seu maior sucesso é a série Myron Bolitar - publicada no Brasil pela Editora Arqueiro -, iniciada em 2001, contando com mais de 12 títulos e sendo considerada um best-seller do gênero.

Atores

Se você já viu o trailer deve ter reconhecido alguns rostos familiares do universo das séries, como Michael C. Hall (Tom Delaney) que viveu o assassino em série Dexter durante sete anos e com aparição marca nas telonas com o filme "A noite do Jogo". Outro nome famoso é o de Marc Warren (Pete Mayfield), diretor de séries como Visões da Raven e Cory na Casa Branca, além de atuação em Mad Dogs, The Good Wife e Snatch.

SoundTrack

A música de abertura da série é Glitter & Gold, do músico inglês Barns Courtney, primeiro sucesso da carreira solo do artista que alcançou o primeiro lugar no UK Spotify Viral Chart e segundo lugar no iTunes Alternative Chart.

Enredo

A série aborda a jornada alucinante do médico Tom Delaney na busca de respostas para o desaparecimento da filha Jenny. No caminho ele realiza descobertas assustadoras sobre sua família, seus vizinhos e segredos obscuros do passado de sua esposa, morta devido a um câncer.

Crítica

A série traz uma crítica sobre a natureza obscura das pessoas, que guardam segredos, são mesquinhas e tentam burlar as regras para ganhar vantagem.

Os principais acontecimentos da produção acontecem entre os moradores de um condomínio particular - que deveria ser seguro e tranquilo -, mas o espectador se surpreende ao descobrir que os verdadeiros perigos são seus moradores.

Nenhum comentário