Header Ads

Lançamentos de Outubro – Editora Draco



Olá pessoal,

Outubro terminou, mas os lançamentos que todo o leitor gosta ainda estão quentinhos nas livrarias. Por esse motivo trouxemos uma ótima seleção de títulos da EDITORA DRACO para garantir aos fãs de quadrinhos muita diversão.

Confiram as novidades da editora:
DRACO SPIRIT

Durante a Bienal do Livro de São Paulo, a EDITORA DRACO fez uma enquete super legal com seus autores perguntando "Para você, o que é o Draco Spirit". Foram diversas respostas geniais e inspiradoras que dão vida ao magnífico trabalho da editora do dragão. Vejam as respostas direto no vídeo:


OPERAÇÃO P-2
Autora: Olivia Maia
Preço: R$ 9,90 (e-book)

Para Leonardo, o passado é um roteiro na memória e uma pilha de provas de História a corrigir. Mas isso está prestes a mudar – e em velocidade vertiginosa.

Um jornalista e professor universitário é assassinado ao pesquisar desvios de verbas no período da ditadura militar; queima de arquivo?

Como herança maldita para Rafael, seu aluno (e aprendiz de Philip Marlowe), três nomes e uma instrução: “procura o investigador Mateus, no DEIC”. As descobertas da polícia despertam na mídia a curiosidade por uma suposta organização de guerrilha que funcionaria até hoje.

Operação P-2? Outras mortes sucedem e Leonardo é pressionado em direção ao inevitável: um confronto com as lembranças de uma identidade que já não pensava ter, há quase vinte anos.

SEGUNDA MÃO
Autora: Olivia Maia
Preço: R$ 9,90 (e-book)

Depois de quase dez anos de certezas dentro da polícia, o investigador Pedro Rodriguez teve um começo de ano tumultuado: um final complicado de relacionamento e um acidente que lhe tirou parte da audição e quase lhe tirou a vida.

Para piorar as coisas, é incumbido de investigação envolvendo o suposto suicídio de um primo de seu delegado, em uma trama que envolve lavagem de dinheiro, mentiras, corrupção e a cúpula da polícia.

DO OSSO AO PÓ
Autor: Júlio Menezes
Gênero: Ficção
Páginas: 311
Preço: R$ 49,90
E-book: R$ 19,90

São Paulo, os anos 80.

Aqui a “década perdida” é palco de todas as perversões possíveis, e todos aqueles que continuam a sustentar seus vícios noite após noite sentem-se como sobreviventes. Cocaína, diversão, ódio, afetos, tudo pode acontecer nos inferninhos do centro da cidade.

No início da sua vida adulta, Eduardo Conde vê tudo sair do controle após se envolver com as drogas e o crime – e toda sorte de pessoas que esses dois elementos trazem consigo. Ele é um homem introspectivo e apático que possui algumas fixações: a obsessão pelos ossos humanos e a ideia de que qualquer pessoa pode cometer um assassinato apenas desejando a morte do outro – até mesmo dos entes queridos – sem sujar as próprias mãos.
À beira do precipício e sob os efeitos colaterais de uma vida regada a excessos, o anti-herói desta fábula perversa vai se encontrar com seus fantasmas, sem esperanças de chegar a um bom destino.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.