Header Ads

[RESENHA] Julia Queen e a saga dos Bridgertons - O Duque e Eu

Toda romântica de plantão não nega a paixão pelas histórias de Jane Austen. A autora britânica é referência em histórias que arrebatam e conquistam corações e, para a sorte dos reles mortais, sua essência permanece viva nas obras da americana Julia Queen, que recuperou os romances do século XVIII e os transformou em uma febre internacional.

Com um tom suave e cômico, a saga dos Bridgertons tem cativado leitores por sua leveza e cavalheirismo e conta com nove livros publicados. A obra tem início com na vida de Daphne, a quarta filha da família e personagem principal do livro O Duque e Eu. Para você se apaixonar por essa história, o Blog Modernagem traz uma completa resenha. Confira!

Sobre a autora

Julia Quinn é o pseudônimo de Julie Pottinger, reconhecida escritora americana que iniciou sua carreira escrevendo como um hobbie durante os estudos para ingressar na Faculdade de Medicina, na Yale School of Medicine. Desde a juventude Julie já escrevia romances e chegou a terminar Sweet Dreams, mas não foi bem recebida pelas editoras. A paixão pela escrita persistiu ao fracasso inicial e logo foi bem aceito com a publicação de Splendid e Dancing At Midnight, abrindo as portas para que a autora mergulhasse no universo literário, recriando o século XIV com graça e bom humor.

A principal característica de suas obras é a presença feminina no papel de protagonista. Suas heroínas são fortes, românticas e independentes. Em contrapartida, os heróis são os complementos das mulheres, sempre perfeitos cavalheiros da alta sociedade inglesa com o charme e personalidade do século XXI.

Sobre o Livro

Como primeiro livro da saga, O Duque e Eu apresenta a sociedade inglesa e sua paixão pelo maior esporte do século XIV: a temporada de casamentos. A matriarca da família Bridgerton, a viscondessa Victoria, inicia a temporada de verão em Londres com o objetivo de casar seu filho mais velho, Antony e a primeira das meninas à debutar, Daphne. Como o irmão não está interessado em atender às vontades da mãe, cabe a Daphne toda a atenção nas festas e apostas matrimoniais.

Mesmo com grande beleza e inteligência, Daphne não tem chamado a atenção de muitos pretendentes até que encontra com Simon Basset, o Duque de Hastings. Simon sofreu grande parte de sua infância devido a rejeição do pai por causa de seus acessos como gago e, para se vingar, resolve não ter um filho para continuar a linhagem familiar e matar o título de duque.

Pensando em se ajudar mutuamente, Daphne e Simon fingem que estão interessados um pelo outro e realizam a tradicional “corte”, Simon para fugir das mães casamenteiras e Daphne para ser destacada como uma mulher desejável. O que os dois não poderiam imaginar é que essa aproximação fosse criar algo mais intenso.

O ápice da história é o conflito entre entender o que sentem um pelo outro e acertar seus interesses pessoais, Daphne querendo casar e ter filhos e Simon desejando morrer como solteiro.

Opinião pessoal

Como não se apaixonar pela Família Bridgerton? Eles são encantadores, românticos, engraçados, humorados e bem dramáticos. Fazia algum tempo que não lia um romance divertido e com um final que me agradasse – parecia que todos os finais, sejam eles tristes ou felizes não estavam do jeito que eu desejava.

Julia Quinn conseguiu criar personagens que cativam e encantam, fazendo com que cada página fosse devorada desesperadamente - terminei a obra em 3 dias.

Me identifico muito com a heroína Daphne, por sua personalidade e determinação. Muitas das atitudes dela vão de encontro com o que eu mesmo faria. Sobre o Simon: ahhhhh Simon. Ele é o perfeito príncipe dos contos de fadas, deixando Ian Clarke (Perdida) e Maxxon (A Seleção) para trás.

A grande sacada da história é fazer com que o leitor se apaixone por cada personagem, principalmente os irmãos Bridgerton, que dispõem de uma personalidade parecida e dispõe de um livro para cada - ou seja, cada personagem tem direito a sua própria história.
Super recomendo a obra!

2 comentários:

  1. Aaaa eu vi tanta gente falando desse livro ultimamente, e depois dessa resenha ele entrou definitivamente para a minha lista hahahaha'

    www.maisumleitor.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mais um Leitor!

      Ele é maravilhoso, tenho certeza que irá gostar!
      A Julia Quinn é a atual rainha do romance de época.

      Beijinhos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.